Escritor Artista!!!


Arte em forma de texto,

As letras são como a argila que aperto em minhas mãos,

Aperto em minhas mãos e escorre por entre meus dedos,

Escorre pelos dedos e inunda a minha pena,

Inunda minha pena, que a modernidade chama de teclado,

Teclado, que se piano fosse, nem uma nota soaria,

De minha pena, pousa no papel branco,

No Papel branco, nem pintor sou, mas tela se chama,

Tela que posa de quadro, que nem mágica, as palavras se formam,

Palavra por palavra, o texto se cria,

O texto se cria, onde nada antes havia,

Nada antes havia e agora se ergue uma escultura,

Se ergue uma escultura, que quase posso tocar,

Quase posso tocar, contudo ela minha alma toca,

Ela minha alma toca, aquilo que na ideia começou,

E num sentimento terminou!

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s