Aviso de Epidemia

A modernidade versus a saúde

Apesar de várias campanhas a respeito, o maior inimigo da saúde são os nossos hábitos, antigamente, nossas mães diziam e diziam, “lave as mãos antes de comer!”. Pois hoje, atualizando essa informação, seria: “Lave as mãos antes de usar o celular!”. Pois é isso mesmo, as autoridades de saúde norte-americanos fizeram diversos alertas sobre focus de doenças em celulares.

Os novos sistemas de touch-screen, são ótimos lugares para desenvolvimento de bactérias e vírus, sua ampla superfície, diferente das teclas, proporciona um local amplo para a cultura de alguns organismos, como uma placa de Petri, que é utilizada em laboratório para esses mesmos fins.

Os maus hábitos, como comer com o celular ou até mesmo ir ao banheiro, o que demonstra a praticidade de tal instrumento faz com que estejamos em risco com nossa saúde. Outra questão é a proximidade da boca e do ouvido com que temos de utilizar o aparelho e a forma com que o emprestamos para familiares, amigos e colegas. Para você ter uma ideia, observe a superfície de seu aparelho, se ela estiver embaçada, isso é sinal de gordura e nessa gordura se fixa muitos tipos de bactérias, que podem vir pelo ar ou do seu próprio organismo.

O uso ininterrupto desses aparelhos causam diversos problemas, como posturais, LER (lesão por esforço repetitivo) e fadiga muscular, como utilizamos o aparelho em diversos ambientes, caminhando na rua, pendurados no ônibus, encostados na parede ou até deitados na cama, nunca temos uma postura correta com o aparelho e procuramos apenas uma maneira de utilizá-lo sem nos preocuparmos muito com nós mesmos.

O mesmo vale, hoje em dia, para teclados e mouses, principalmente os utilizados em ambientes compartilhados, campanhas para não se comer sobre tais aparelhos não servem apenas para prevenir danos causados por alimentos aos aparelhos, mas também que os mesmos não se tornem futuramente fonte de doenças aos próprios usuários.