Bom gosto não se compra

A arte da etiqueta no dia-a-dia

Muitos pensam que saber combinar cores e tecidos é o suficiente para ser reconhecido como “tendo bom gosto”, mas é muito mais do que isso. O modo de se vestir, andar e se comportar revela quem você é. Isso tudo tem de estar em harmonia com o seu estilo e com a sua personalidade.

“O que nos vestimos é moda, o que os outros vestem é que está fora de moda”

Este chavão, muito utilizado mostra apenas presunção, não leva em questão o momento, o lugar e o que a pessoa está realizando para justificar a escolha de determinada roupa. A primeira regra é, seja você mesmo!

No trabalho temos de levar em conta o tempo que passamos na empresa e qual vai ser a situação do tempo (clima) quando formos para casa, tal falta de planejamento resulta em muitas blusas penduradas no braço ou sacolinhas. A escolha de roupas práticas e que se tornem versáteis, caso o tempo mude podem ser uma boa opção.

As mulheres não vão de saia até o pé num Baile Funk, pelo mesmo motivo não convém shorts e mini-saias no ambiente de trabalho, como também o calçado que tem de ser pelo menos confortável para enfrentar uma jornada de várias horas.

Se você não quer que “encarem” não mostre

O uso de decotes chamativos ou cavas desproporcionais, acima da média, podem causar um certo alvoroço nos colegas, portanto, se você não gosta de ser o centro das atenções para olhares gulosos, evite tais vestimentas e seja discreta. A principal vantagem feminina é a versatilidade de roupas e assessórios, por isso combine o máximo que puder. Se olhar no espelho e parecer exagerado, use a regra de ouro. “Tire a última peça que você colocou.”

Homem se veste como homem

Para as mulheres existe a impressão de que para ser homem basta uma calça comprida e uma camisa para estar bem vestido. Bem, na verdade não é apenas isso, o homem demonstra sua personalidade com a sua roupa. A combinação de cores e texturas pode ser o ponto chave e não se esquecendo de combinar as meias. Um grave erro da maioria. Outra questão é andar de sapatos engraxados (para quem é da minha época) ou nos dias de hoje, tênis lavado.

Alguns experimentos como paletós de cores fortes podem não surtir o efeito desejado. As gravatas tem por regra serem em tom sobre tom da camisa ou cor totalmente diferente para gerar o efeito de contraste. Convém sempre lembrar “gravata borboleta” é questão de estilo. Se você tem, use, senão é melhor nem tentar. A mesma regra vale para chapéus e suspensórios.

Alerta: acessórios para homens podem ser perigosos, pochetes estão por via de regra, fora de cogitação.

Bom modos ao falar

De que adianta você estar bem vestido se ao abrir a boca só sai besteira. Certas regrinhas são bastante importantes para completar a sua aparência. Lembre se sempre da regra do Porquinho Baby “Se não têm nada de bom para dizer, não diga nada”, e você vai sair bem daquela “saia justa”.

Decore as palavras mágicas: Por favor! Com licença! Obrigado!Desculpe! Bom dia! e Saúde! se alguém espirar.

Quem entra no recinto, é que cumprimenta, não quem já está presente. Agradeça sempre, pois ninguém é seu escravo e uma palavra amável sempre causa boa impressão.

Um leve sorriso ameniza o ambiente

Não precisa rir de tudo de que os outros falam, mas ter o rosto sempre fechado não contribui em nada. Mantenha na face um leve sorriso, você não estará zombando de ninguém e nem sendo descortês.

Piercing e tatuagens

Muitas empresas já aceitam em seus quadros, pessoas com tais modismos, mas convenhamos, nada de exageros, pois se você tem mania de mudar de estilo de roupa, um acessória que não muda, pode até atrapalhar. Outro fator é a idade, como isso se tornará quando você for mais velha. A borboleta de hoje, pode ser o morcego de amanhã. O grande amor da sua vida, hoje, pode ser igual a parada de sucessos, amanhã muda.

Comportamento

O seu modo de caminhar, se sentar e até mesmo comer, pode revelar se é uma pessoa de bom gosto. Um caminhar firme com coluna reta e olhar confiante, além de beneficiar  na sua saúde, atrai o respeito. Igualmente o sentar, pois quem se senta todo relaxado, como se fosse feito de geleia mole, não agrada muito. Nem é preciso dizer que os modos à mesa são tudo de bom ou ruim, pense bem, num primeiro encontro que pode se tornar o último se a outra pessoa enxergar alguma coisa como limpar as mãos na toalha de mesa, mexer no gelo da bebida com o dedo ou se você é o cavalheiro, nem puxou a cadeira para ela sentar ou se apresentou para pagar a conta, mesmo que ela insista em rachar. Mulheres modernas gostam de ser independentes mas apreciam quem toma iniciativa.

Denuncia: Bradesco São Matheus

Caixas Eletrônicos não funcionam

Neste final de semana, os clientes do Bradesco ficaram na mão. A agência da Avenida Sapopemba, próxima a Praça Central de São Matheus, São Paulo, estava com os seus caixas eletrônicos descarregados e os usuários não podiam fazer saques.

Em frente dessa agência existe um Hipermercado da rede Extra e ele também possui caixa eletrônico do Bradesco que estava também sem a mesma opção, ou seja aparentemente os caixas não foram abastecidos para o final de semana, por acaso, próximo ao dia 20, quando muitos trabalhadores recebem adiantamentos  através de sua conta bancária.

O resultado disso foi um caixa eletrônico depredado dentro da agência, ele tinha a tela de vidro quebrada. Os usuários que precisavam fazer saques tinham de ir até outra agência. A mais próxima fica na Avenida Mateo Bei.

A dúvida é, se isso foi descaso dos funcionários do Banco ou aconteceu uma movimentação maior do que as prevista? Não existe um plano de contingência para tais situações?