Quais são as palavras que nunca são ditas?


O que falta no mundo?

Nós mesmos! Pode parecer estranho, mas essa é a resposta, quando olhamos o mundo a nossa volta, não importa aonde estivermos, se não for na frente de um espelho ou em uma foto, o único personagem que não podemos ver é nós mesmos.  As pessoas esquecem de que sua imagem diz muito e na maioria das vezes, muito mais do que aquilo que queremos mostrar.

Quantas vezes, alguém achou que estivessemos tristes, alegres ou com raiva e isso não era exatamente o que sentiamos naquele momento. A percepção do mundo começa em nossos olhos e eles voltam se para o exterior e nunca para nós mesmos. A imagem do mundo começa fora e se dirige para eles em um caminho inverso.

O “quadro” que se forma em nossa mente fica dessa forma, participamos de muitos eventos e podemos até mesmo reter vários detalhes, mas não nos vemos nesse quadro. Somo participantes e ao mesmo tempo, a platéia. Podemos ter a nítida noção de nosso papel, mas jamais saberemos que impressão realmente isso deu nos outros participantes.

As notícias invisíveis

Aquilo que não vemos nos noticiários, aquilo que não é comentado nos editoriais ou até mesmo nem é motivo de “posts” no facebook. Uma variedade de fatos que ignoramos, fatos que até mesmo podem ter impacto direto em nossas vidas ou em nosso futuro. Um exemplo disso foi que no momento em que toda mídia falava sobre as manifestações no Brasil, em Foz do Iguaçu no Paraná ocorria uma Conferência sobre o Meio Ambiente, isso não apareceu na mídia, contudo, o que foi apresentado é de grande relevância, como as estatísticas sobre as alterações do clima, em resumo, o resultado foi bem pior do que as expectativas.

Quando a árvore cai…

Como dizia Nietzsch, “quando uma árvore cai na floresta e não tem ninguem para ver ou ouvir, será que ela cai mesmo?” Uma aparente retórica, mas que toma hoje grandes proporções com o advento da Física Quântica, na qual o observador altera o fenômeno que é assistido.

Qualquer um diria que o fenômeno ocorre, mesmo sem a presença de um observador, mas como descreve a Teoria do Efeito Borboleta, “o bater de asas de uma simples borboleta poderia influenciar o curso natural das coisas e, assim, talvez provocar um tufão do outro lado do mundo.”

Ou seja, o efeito, mesmo não assistido pode de alguma forma, como que em um efeito dominô causar uma alteração em sua vida. Quando imaginamos sermos seres independentes do mundo isso provoca uma grande frustração, pois não podemos admitir que não temos o total e absoluto controle de nossa existência. Os fatos externos influenciam, mesmo que indiretamente.

O que me consola nessa idéia é que somos capazes de influir da mesma forma na vida de outras pessoas, ao mesmo tempo em que recebemos alguma influência, podemos também influir e isto cria uma grande cadeia. E se dermos boas ações as outras pessoas, não será esse o resultado que receberemos de volta?

“Perdido seja para nós aquele dia em que não se dançou nem uma vez! E falsa seja para nós toda a verdade que não tenha sido acompanhada por uma gargalhada!” Friedrich Nietzsche

2 Comentários

  1. Com relação ao trecho “Podemos ter a nítida noção de nosso papel, mas jamais saberemos que impressão realmente isso deu nos outros participantes”, a mesma lógica se aplica ao uso da linguagem, aos sentidos que lançamos ao vento sem saber, pois acabamos dizendo bem mais do que queríamos algumas vezes, porque a linguagem carrega sentidos que escapam e se sobrepõem em certos momentos.

    • Muito bem dito! E poderia acrescentar as nuances do enfatizar algum termo, que fazemos quando pronunciamos uma sentença mas não aparece na escrita, o que dá um aparente sentido dúbio as palavras! Grato por sua nota! Um abraço!


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s