Católicos venezuelanos sem vinho para Missa

Bispos Venezuelanos se queixam da falta do produto

Os católicos venezuelanos estão sendo impedidos de assistir a missa devido a falta do vinho para se celebrar a Eucaristia, segundo o Conselho dos Bispos da Venezuela, a falta do produto se deve a dificuldade de produzir internamente e o alto custo da importação, como também a dificuldade em encontrar vinhos que sejam os mais puros e naturais possíveis, como se recomenda para tais celebrações.

Recomendam os produtos de origem argentina ou chilena pela melhor qualidade e menor preço do que os europeus, como espanhois, franceses e italianos que seriam mais caros.

O bispo de Los Teques e Presidente da Comissão da Liturgia, Dom Freddy Jesús Fuenmayor Suárez anunciou em comunicado os principais pontos desta escassez, a empresa responsável, Pomar, pela distribuição do vinho para as Igrejas da Venzuela não estaria sendo capaz de produzir e engarafar uma quantidade suficiente. Os importadores não teriam recursos financeiros para a compra do produto no estrangeiro. A dificuldade de se certificar produtos na conformidade daquilo que se é pedido pela Comissão do Episcopado local. A adição de produtos estranhos, como açúcar e sucos de outras frutas ao vinho e a crise na produção local com a dificuldade da importação causam esta situação inusitada.

A falta do sacramento da comunhão, infelizmente tem afetado a população venezuelana e o governo não tem agido, estando imparcial a isto.

Fonte: El País