Um show de mágica chamado Esquerdismo


Quem já foi num show de mágica cansou de ouvir a frase “não olhe para onde o mágico manda ou você não verá como a mágica é feita“, porém em raras exceções se pode constatar que a pessoa viu mesmo como o truque foi feito.

Da mesma forma, as advertências sobre a dialética comunista são feitas mas com pouco resultado, pois ainda a maioria se encanta com a canção de Orpheus e agem como a serpente sob efeito da “flauta encantada“. Nada os faz despertar dessa ilusão, como se hipnotizados estivessem. Bem advertiu Sigmund Freud sobre o hipnotismo, apesar dele ter abandonado essa técnica para a psicologia por se considerar um hipnotizador medíocre, ele deixou em seus escritos que ela poderia ser extremamente perigosa para o uso em multidões.

Quem esteve em show de hipnose deve se lembrar do teste inicial que é realizado para definir quais as pessoas mais suscetíveis à hipnose. Bata a mão três vezes e agarre seus dedos na terceira vez, quem não consegue mais soltar os dedos será convidado a ir ao palco e participar do show. Muitos o são!

Da mesma forma, o discurso direcionado, as frases de efeito e os “truques” de linguagem de Engels mostram surtir efeito sobre a maioria das pessoas. Não importa se tenham textos opostos com melhor argumentação, pois esses requerem estudos e pesquisas e isso é enfadonho e cansativo. Engels dizia que através da discussão, poderiam os opostos encontrarem alguma solução para um dilema. Isso é mentira, apenas pelo conhecimento de fato de uma situação é que podemos achar uma verdadeira solução. Sua perda de tempo apenas faz com que a mentira se propague e mais pessoas acreditem nela.

Na minha opinião! Muitos que começam a falar desse jeito fariam um grande favor a humanidade em se calarem, não existe isso, ou você conhece um assunto ou não conhece e para seu desenvolvimento pessoal, peço que estude um pouco mais. A grande e imensa quantidade de material oferecida pela internet de nada vale sem uma ascese, sem um caminho para o desenvolvimento de sua intelectualidade. Na verdade, o que ela te propõe é o racionalismo e o sentimentalismo, as duas faces da mesma moeda que apenas colocam uma canga sobre a sua mente e te direcionam para onde quiserem, como um boi. O racionalismo com a lógica desprovida de verdadeiras premissas e o sentimentalismo que te faz conceituar o mundo pelo que você sente. A busca da lógica como se ela fosse um fim em si mesma apenas cria um “mecanicismo” que emburrece o ser humano.

Parte da responsabilidade é devido ao sistema “construtivista” usado nas escolas e a metodologia paulofreiniana que se baseia em pontos sempre mais “mecânicos” ou “ideologicamente reprováveis”, como a física de Sir Isaac Newton ou os estudos de Leonardo da Vinci em lugar de estudos mais profundos como Gottfried Wilhelm Leibniz e Friedrich Nietzsche que numa rápida pincelada nos mostra o quanto somos direcionados e cerceados em nosso raciocínio.

Newton com seus estudos sobre as leis da física dão aos estudantes uma noção extremamente limitada sobre o universo, os estudos de Leibniz falam sobre espiritualidade além de conceitos mais profundos da matemática como o uso das diferenciais e isso é uma forma muito mais evoluída de pensamento. Outra questão é sobre a diferença entre os estudos de Leonardo da Vinci e Nietzsche, enquanto as mentes quadradas dos retrógados e negacionistas dos ateístas se fincam no caso de da Vinci contra a igreja católica, basta ouvir a opinião de Nietzsche a respeito, “eu nunca iria para a fogueira por uma idéia minha, pois eu duvido de mim mesmo…”. Mudar de opinião é um fato para um ser pensante!

Muito se fala sobre a interpretação de textos, mas existe outra coisa mais sútil e importante, a noção de proporção, que é totalmente esquecida e ignorada na falácias esquerdistas. Um grande serviço que pode você se prestar é analisar as afirmações esquerdistas sob a viés da proporção e ver como as suas incoerências afloram e sua razão cai por terra. Seja em qualquer uma de suas campanhas, sobre o feminismo, as ideologias de gênero, o ateísmo, o ambientalismo, sobre drogas ou desarmamento. Eles se valem do discurso vazio e das frases de efeito como, pela ciência, mas nada sabem sobre ela.

Como dizia Carl Jung, “pensar é difícil, por isso poucos se prestam a esse serviço“, mas nada pode ser mais libertador do que ter a sua própria opinião fundamentada em fatos e estudos. Seu caminhar pela vida se torna mais suave e a chamada “opinião dos outros” não lhe oprime mais. Ler um livro e poder concordar com a visão de outro sem que isso altere a sua própria ou como dizia o Papa Bento XVI, “não sejais cristãos tíbios“, não temam ler as contradições e estejam preparados para defender suas próprias convicções, da mesma forma que dizia Lord Chesterton: “a tolerância é a virtude do homem sem convicções“.

Ser uma mosca para pousar na cabeça do ingrato e ouvi-lo ruminar suas maledicências“, pediria isso a Deus se algo me valesse de saber o que eles pensam, será que essas tantas citações são deles mesmos (filósofos e escritores) ou foram inventadas ou ditas por um lavador de janelas. Talvez nunca saibam!

O que sempre repeti aos amigos e colegas, “contra fatos não há argumentos”, a dica é desconfie de tudo e até de si mesmo. Textos sem embasamento, apenas com frases de efeito ou medíocre “lógica”, acusando ou degradando a imagem de pessoas, que servem apenas como “discurso de ódio” para inflamar as discussões e separar as pessoas não podem mais serem tolerados, devem ser respondidos de forma contundente para que essas pessoas se calem, pois por muito tempo se protegeram atrás de um escudo de vitimismo e falsa moral. Chega de usarem a nossa bondade, nossa caridade e nossa tolerância contra nós. Isso é uma guerra e a sua “boa fé” é a arma que usam contra você!

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s