Como identificar um “esquerdismo”


O discurso esquerdista possui algumas características que refletem o “modus operanti” dos seguidores cegos e fanáticos dessa modalidade de pensamento. Seus feitos não escapam da doutrinação e de um limitado senso de razão.

Para combatê-los temos de estar atentos as seguintes características em seu discurso:

  • “xingue os do que somos, acuse os do que fazemos” a mais comum;
  • “discurso apelativo”, fica difícil responder com razão se o seu coração entrar no jogo;
  • “diga não a tradição e a tudo que os ancestrais nos deixaram” o maior combate dos esquerdistas é contra a família e tudo que ela representa em nossa sociedade, prive o individuo de seu grupo de origem e ele ficará suscetível a “doutrinação”;
  • “não mintas, apena conte a parte da história que te interessa”, um dos mais baixos recursos da dialética esquerdista, se não conheceres todos os lados de um assunto será possivelmente vítima desse estratagema. Assim como o constrangimento de ser atingido naquilo que ama ou acredita (motivo anterior), esse modo faz com que o oponente fique sem resposta ou será forçado a dar uma “resposta errada”;
  • “reinterprete antigos pensamentos” dar novos nomes pode ser a melhor forma de disfarçar as sua intenções, não seja claro, um vocabulário diferenciado dificulta as respostas de seus inimigos;
  • “para que a propaganda funcione, as sua intenções e propósitos devem estar ocultos” o Professor Goebbels sabia muito bem disso e o aprendeu estudando seus inimigos;

Nem sempre fica claro que você encontrou um discurso esquerdista mas sempre tem um “cheirinho” podre no ar, a gente nota que algo está errado mas nem sempre sabemos exatamente o que. Para testar o que vês, mude a perspectiva, altere o ponto de vista, universalize os argumentos, aquilo que é “VERDADE” para um não será verdade para todos?

Aquilo que os esquerdistas acreditam são apenas “idéias”, eles não possuem princípios, não acreditam em moral ou em ética, por isso que eles morrem quando suas “idéias” são desmascaradas e todo esse mundo utópico que tanto defendem cai ao chão.

Se ficares com dúvida ou acreditares que não tem resposta plausível, lembre-se, assim como a luz destrói a escuridão, a verdade destrói as mentiras e nada é mais verdadeiro do que o “feedback” da realidade, o que os antigos fariam e como responderiam a essas afrontas? Aqueles a quem somos herdeiros, os filósofos gregos sempre foram ótimos professores!

E outro ponto, não faças como os esquerdistas, não use “neologismos” ou recursos como as “falácias”, pois demonstram baixo conhecimento da linguagem e falta de caráter. E não se assuste com aquele “ar de superioridade” do esquerdista quando ele saca a sua bola de cristal e diz saber como você pensa, quais suas idéias e suas intenções. Isso faz parte do engodo. Na maioria dos filmes de hoje em dia, a igreja é apresentada como algo infame, os heróis perderam todo o sentido em suas lutas, as falhas humanas são engrandecidas enquanto suas qualidades menosprezadas e isso é apenas alguns pontos do pensamento de um comunista, Antonio Gramsci, em tomar todas as posições e aniquilar a cultura ocidental, assim como queria Vladimir Lênin. 

“A crítica não tem sobre a psicologia das massas o poder sugestivo que têm as crenças afirmativas, mesmo falsas.” Olavo de Carvalho

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s