Ironias da vida: a lei das mulheres


pinups-edward-runci-7A quem puder entender, que o faça de bom grado

As qualidades femininas são inúmeras e largamente conhecidas, seus dotes naturais as permitem serem carinhosas e refletem uma sensação de proteção “maternal” que cativa a quem elas tem em estima. A linguagem corporal feminina é distinta e pode ser dissimulada como uma arma para enganar alguma pessoa despreparada. Apesar disso existem certas regras naturais as quais as mulheres seguem, mesmo que seja de forma inconsciente.

Leis femininas

  • Deve ser bom se for caro: o preço está proporcionalmente vinculado a qualidade para as mulheres.
  • Se o marido gosta, não é bom: escolher a opção contrária dos homens é de praxe.
  • Tudo pode ser resolvido com uma comissão: qualquer que seja o tamanho do problema, não resistirá a um grupo de mulheres tagarelando a seu respeito.
  • Meu cabelo, minha vida: tudo gira em torno da beleza física, cabelos unhas, pele, lábios, coxas etc… são motivos para gastos e se os tratamentos não derem o resultado esperado, motivos para anos de análise.
  • A beleza é um sacrifício: para escolher um par de sapatos a beleza deve ser proporcional ao “aperto” nos seus pés, quanto mais bonito o modelo, mais sacrificante o uso, devido a isso o “pos-festa” com milhares de mulheres saindo com os sapatos na mão…
  • Dissimular é tudo: as mulheres possuem uma relação “promíscua” com a verdade. Para elas a verdade é como uma “vassoura”, um utensílio que só pode ser usado quando é útil ao dono, agora se outra pessoa pegar e deixar no meio da sala, elas reclamam porque irá incomodar.
  • Chantagem emocional: uma das mais eficazes armas femininas, no momento em que são pegas no “pulo”, basta um olhar triste e pronto, desaparece toda a culpa e o acusador se não tomar cuidado, vira réu.
  • O que é meu é meu, o que é seu é meu: as mulheres tem o dom de agregar valores, agregam os valores do namorado, marido, ficante, amante ou de outros ao seu próprio erário e por favor, não se trata de “roubo”, elas não precisam por a mão no objeto, apenas começam a ditar as regras de como você irá usar!!!

Estamos abertos a mais exemplos para tentar elucidar um pouco mais do que passa pela cabeça desse ser que nos interessa tanto!!!

“Igualdade de valor jamais deveria ser confundido com similaridade de naturezas. Homem e mulher são seres distintos e complementares; não iguais!”

Reinaldo Ribeiro – O Poeta do Amor

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s