A idade do homem


Evoluir pode ser bom

A cautela é filha de mãe justa,

O que toma com uma mão, repõe com a outra,

A energia, dádiva da juventude, torna-se prudência,

O fôlego de grandes braçadas, tornam-se carinhos suaves,

Os tropeços nas palavras se suavizam em sussuros cometidos,

Gestos intempestuosos se acalmam em esperas resignadas,

Sonhos inalcançáveis no passado, um mundo palpável no presente,

Palavras vazias se enchem de significado,

Fé e esperança, aquecem a alma e

Espantam o frio de uma vida vazia,

Com rostos em quadros e

Uma paisagem por trás de uma janela,

Toma o teu papel e se torna o personagem,

A ti pertence o mundo,

E tua obra só tem valor quando abrir a mão

De criar para si mesmo e

Dar aos teus herdeiros,

Aquilo que realmente vale,

Todo o teu amor!!!

 

Anúncios

1 Comentário

  1. Gostei muito! Vou postar no blog das minhas poesias preferidas. Tenha um lindo dia poético. abs


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s