No ônibus


Os tipos mais comuns em nosso transporte urbano

Apesar de estafante e um lugar para meditação tranquila, se você tem aquele sono pesado, os ônibus servem como vitrine para os mais estranhos tipos, como um psicodélico carrossel ou uma loja de horrores. Um lugar onde podem mostrar suas faces mais ocultas.

Alguns tipos:

  • O clube do motorista: aqueles amigos, parentes ou paqueras que ficam ao lado do motorista ou sentados nas primeiras cadeiras. Sempre felizes em contar as novidades, as últimas fofocas e marcar um evento para depois do serviço.
  • Idoso antipático: é aquele que tira você do assento preferencial, mas nunca está satisfeito, quando o assento está vago quer sentar em outro lugar como quando tem sol demais nesse lado do ônibus.
  • A barraqueira: briga por qualquer coisa, xinga o motorista se está correndo, xinga se está devagar e xinga também se não tiver nem um ou nem outro. Briga com o cobrador se o bilhete é recusado e briga até se ganha a viagem de graça. Vai entender!?
  • O apressado: mal entra no ônibus quer ir até a porta de saída e quando chega lá, fica parado atrapalhando todo mundo, pode ser confundido com o tipo seguinte, o folgado, resta saber quem perturba mais!!!
  • O folgado: diferente do apressado, esse entra no ponto inicial e fica sentado até o seu ponto de sair e só levanta no último segundo, passa por cima dos outros, reclama de quem tá na frente e com sorte (para darmos risada) fica preso na porta.
  • A mulher aranha: ela entra e fica de pé com os braços abertos, se segurando em duas barras diferentes para impedir que se alguém que estiver sentado, ao levantar, deixe que outra pessoa sente. Normalmente ela marca território.
  • O bêbado: conhecido por outros nomes, como fedido ou inconveniente. Fica querendo puxar conversa, como não consegue uma vítima, começa a falar sozinho. Costuma ser pontual e pegar sempre o mesmo ônibus para desespero dos usuários que imaginam ser uma sina ou maldição pegar todo o dia o mesmo ônibus com essa mesma figura.
  • O tarado: não pode ver uma mulher de pé que logo para atrás, mas foge rapidinho quando o cara do lado passa o braço sobre a cintura da mulher e prova que ali tem dono. Só se dá bem com o tipo seguinte.
  • Falsa Puritana: se cobre da cabeça aos pés mas não pode ver homem que logo quer dar uma beliscadinha. Se algum representante para atrás dela com uma distância segura, ela logo resolve isso. Com um ou dois passinhos para trás.
  • Viciados em tecnologia: vivem com i-phones, i-pads, celulares e smartphones a mostra, com fones de ouvido ou tirando fotos de si mesmos. De tanto se mostrar, podem ter seus amigos roubados na primeira parada.

Entre tantas espécies, esse zoológico humano é bastante versátil e surgem novos tipos a cada dia.

Se você não gosta de fazer parte disso, se lembre ao votar que o único que não faz parte disso, é o político, que depois de eleito anda de carro oficial e não de ônibus. Cobre dele uma posição firme e melhorias em nosso transporte.

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s