Redação e Internet


A Internet proporciona um fácil canal de acesso, tanto para quem lê (navega) suas matérias ou para quem as escreve! Tal fato tem mudado a forma como a notícia é tratada e representada. Cada vez mais os blogs, sites e portais estão fugindo do modelo dos jornais e adotando uma face de TI (Tecnologia da Informação) como se fossem pães recém saídos do forno. A alta demanda de informação e a velocidade com que os fatos ocorrem estão impondo novas formas de texto, contudo, certos cuidados ainda se fazem necessários, pois nem tudo pode ser corrigido pelo “corretor de textos”.

CUIDADOS

  • Uma forma bem comum de se dar notícias é através do sistema de slides, como o usado pelo Powerpoint. Uma sequência de fotos com legenda.
  • Aqui o maior pecado é o COPIAR e COLAR que fica sendo usado de forma abusiva, as fotos mudam, mas a legenda continua a mesma.
  • As notícias aparecem nos portais através da forma de Títulos, pois a página é resumida e aqui ocorre diversos erros graxos:
  • Os Títulos com sentido dúbio confundem o leitor.
  • O uso de sensacionalismo também desmotiva o leitor, que ao começar a ler a matéria, percebe que o assunto não é tudo aquilo que quiseram passar.
  • Os Títulos incompletos demonstram desinteresse em se dar a notícia e;
  • Os títulos “parciais”, aqueles que já demonstram de cara, um lado da notícia demonstram o que há de anti-ético: a parcialidade, como se o escritor estivesse comprometido com apenas um lado da notícia, pecado que para muitos soa como “incredibilidade” ou “vendido”.

Os conceitos de formatação do texto, com entrada, corpo do texto e finalização são esquecidos e isto causa uma sensação de “estou perdido” ao leitor, uma sensação muito incômoda. O cliente termina de ler o texto mas ou não compreende ou fica querendo mais.

Sobre palavras erradas ou erros gramaticais, nada melhor para resolver isso do que o “corretor ortográfico” do Word. Agora, quanto a qualidade do texto, o que é subjetivo, depende de cada escritor. Gosto não se discute e como dizem o que seria do azul, se todos gostassem de amarelo.

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s