Tarifas Interurbanas

Desde que o sistema de telefonia foi privatizado nesse país, um produto tem sido deliberadamente deixado de lado nas promoções das teleoperadoras: as chamadas interurbanas. Existem alguns pontos especiais nesse tipo de chamada: a urgência. quem liga interurbano, o faz por ser necessário e urgente; o tempo da chamada, mais urgente, mais tempo deve utilizar e portanto naquele esquema do “aproveita a chance” e diz tudo e o uso comercial, portanto não se fala em horários reduzidos, pois o maior quinhão para esse produto é o horário comercial e como as empresas mudaram e trabalham em turnos, não é oportuno dar descontos para horários especiais, pois pode se perder algum grande cliente.

Agora, os maiores prejudicados nesse joguinho somo nós, os clientes particulares. Pois até existem promoções para interurbanos, mas quem já tentou utilizar e conseguiu efeticamente tirar proveito disso? Afinal, essas promoções são complicadas, o cadastro e os requisitos pedidos não estão bem explicados e parece não haver nenhum acompanhamento das autoridades nesse tipo de modalidade. A gente escuta nos noticiários muito se falar sobre as promoções que as próprias teles divulgam, mas não sobre aquilo que elas deixam de oferecer. Como por exemplo, a Tim foi multada por derrubar chamadas, pois a mesma oferece um pacote com valor fixo para qualquer chamada, mas para não ter prejuízo, acaba derrubando a ligação após alguns minutos, fato este, atestado pela própria Anatel (Agência regulamentadora do setor).

Falta os clientes se mobilizarem contra essa forma de cobrança abusiva da mesma forma que fizeram com os outros tipos de abusos das operadoras ou termos em mãos algum outro sistema concorrente como o Voip que possa se tornar efetivamente popular e que não esteja nas mãos de uma minoria.

Pedágio a R$ 1,00

Campanha para um pedágio mais justo…

Já que não os podemos retirar das estradas, que pelo menos deixa-los mais justos.

Este valor é mais do que suficiente por eixo de veículos pesados  e por veículos de passeio.

Falta estudos de impacto socio-econômico nas áreas onde são implantados as praças de pedagios. É visivel que estas corroem a economia local e disperção a mão de obra lá existente. No Brasil de hoje ocorre um novo fenômeno de urbanização, mais seletivo que os anteriores, onde os retirantes do campo e de pequenas cidades procuram centros maiores com mais oportunidades de emprego, fugindo das proximidades de pedágios.

O Pedágio é uma alavanca para tal fenômeno já que dificulta a locomoção das pessoas e torna inviável se morar em um lugar e trabalhar em outro que fique além desse ponto.

Outro motivo é a falta de escrupulo do governo que não diminuiu o IPVA, mesmo depois de ter terceirizado uma grande parte das rodovias do estado, com o intuito de diminuir o custo de manutenção dessas mesmas estradas. Custo este que teoricamente deveria ser rateado para as concessionárias.

E para quem acha que as rodovias melhoraram: primeiro, já andaram em todas? Pois algumas privatizadas e que possuem pedágio, apenas tiveram como uma única obra de melhoria, a praça de pedágio. Se você consegue pagar o preço, que bom,  agora peço que pense nas outras pessoas e não apenas em vocês mesmos.

Todos tem o direito de ir e vir, independente até mesmo de sua situação financeira. Que humilhante é alguém ter de parar sua viagem quando chega em um pedágio e descobre que não pode prosseguir, por não ter a quantia necessária para passar. Pensem nisso!!!

Outras sugestões que podem ser implantadas:

Que a praça de pedágio tenha horário de fechar, para beneficiar seus funcionários. Por exemplo: expediênte das 7:00 as 19:00.

Não sejam permitidos fecharem acessos e desvios alternativos, desde que as concessionárias tomaram posse, as estradas estão se tornando corredores fechados, dificultando o acesso de moradores locais e tudo por causa da ganância, o medo do contribuinte fugir de ser onerado.

Pergunta: O que oficialmente é recomendado, pelos órgãos regulamentadores, para as concessionárias fazerem no caso do cliente descobrir ao chegar no caixa do pedágio que esqueceu o dinheiro em casa. Prendem ele, prendem o carro ou permitem seguir viajem???

Amizade

Amizade

A amizade, uma bela lembrança de nossa infância

Nada tem sido tratado de forma tão relapsa hoje em dia, como tem sido tratada a amizade. Esta forma de relacionamento humano, tão especial em nossa infância e adolescência, tem sido negligenciada de forma metódica pela mídia. Parece não ser “politicamente correto” fazer apologia sobre esse maravilhoso tema, muito pelo contrário, o que ocorre é uma “sexualização” de tudo. Nada escapa as novas definições, heróis antigos são repaginados e famosas duplas são mostradas com outras ligações. Esquecem dos valores que esses heróis ensinavam e do exemplo que eram para os jovens. Não podemos esquecer que, não escolhemos a família, aonde nascemos. Não podemos escolher por quem nos apaixonamos, mas podemos escolher os nossos amigos. Nada mais imprescindível do que ter um bom amigo, naquele momento em que nada dá certo, e você precisa apenas de alguém para te escutar e não de críticas ou de um puxão de orelha.

A família é conjunto de pessoas que te conhece bem demais. Sua personalidade e suas pequenas gafes, são coisas que se eles não dizem, você tem mesmo assim, a impressão de estão ali, como um fantasma para te assombrar. Não dá pra contar com eles em um momento que está vulnerável. Pode ouvir algo que, com certeza​, não será agradável.

O seu amor, aquela pessoa que não te deixa pensar direito. A  maioria dos seus problemas começam ou terminam nessa pessoa. A última coisa que você faria é discutir com ela, o problema que ela causou ou que ela nem deve saber ainda, que existe. O melhor amigo, aquela pessoa que conhece seus defeitos, mas não se importa. Conhece seus pontos fortes, mas não se aproveita. Atenção: se ele se aproveitar, é porque não é seu “melhor” amigo. Esta é a pessoa, que te escuta e te dá uma solução, no mínimo, razoável, pode não ser a melhor, mas faz bem ao coração, alguém te dizer que, você tem razão.

Esta é uma campanha, cultive a amizade, você ainda vai precisar muito dela. Seus amigos são um tesouro, guarde os bem.